Universidade de Loughborough desenvolve tecnologia de mapeamento de colisões para identificar áreas de alto risco

Universidade de Loughborough desenvolve tecnologia de mapeamento de colisões e modelagem de riscos

A Universidade de Loughborough, no Reino Unido, desenvolveu uma tecnologia de mapeamento de colisões e modelagem de riscos baseada em Inteligência Artificial. Esta tecnologia tem uma precisão impressionante de 99% na identificação de áreas de alto risco de acidentes de carro.

Rodovias inteligentes unem tecnologia e transporte de forma impressionante

Segundo a Universidade de Loughborough, as rodovias inteligentes, também conhecidas como “Smart Roads”, unem a tecnologia e o transporte de forma impressionante. Estas rodovias são um sistema de tecnologias integradas destinadas a otimizar o fluxo de tráfego, reduzir as taxas de acidentes e promover a eficiência energética.

Utilidade das rodovias inteligentes vai além da conveniência

Dominic Wyatt, especialista em automóveis da International Drivers Association, afirmou que a utilidade das rodovias inteligentes vai além da simples conveniência e eficácia. O objetivo não é apenas tornar o ato de dirigir mais fácil, mas também mais seguro.

Conselhos para adaptar-se às rodovias inteligentes

Wyatt oferece conselhos concretos para adaptar-se a essa mudança. Como uma tecnologia avançada, as rodovias inteligentes podem parecer complexas, mas é principalmente uma questão de familiarizar-se com novos recursos, como o VMS, ou aprender a confiar nas informações que você recebe das comunicações V2I e V2V. É importante lembrar que a tecnologia é uma ferramenta à sua disposição e não deve controlar suas habilidades e julgamento na condução.

MAIS:  Mazars divulga resultados financeiros globais e alcança crescimento de 13%

Objetivo das rodovias inteligentes é tornar as estradas mais seguras para todos os usuários

De acordo com o especialista, as rodovias inteligentes visam tornar as estradas mais seguras para todos os usuários, incluindo motoristas, passageiros e pedestres. Quanto mais entendermos este sistema, mais poderemos contribuir para este objetivo, resultando em uma maior satisfação dos motoristas nas estradas do nosso planeta.