Sociedades de advogados J+Legal e MFA Legal assessoram venda do Centro Hípico de Santo Estêvão

Sociedade de advogados J+Legal e MFA Legal assessoram negócio de venda do Centro Hípico de Santo Estêvão

As sociedades de advogados J+Legal e MFA Legal prestaram assessoria jurídica no negócio de venda do Centro Hípico de Santo Estêvão. A transação, no valor de 4,5 milhões de euros, envolveu a I.A.P. – Investimentos e Participações, a PGM – Imobiliária e Construções e a sociedade Criteriondomain.

J+Legal e MFA Legal atuam como assessoras jurídicas no negócio

A J+Legal providenciou assessoria jurídica na negociação, com o sócio José Diogo Horta Osório liderando o trabalho. Ele foi auxiliado pelos associados sêniores Lourenço Côrte-Real, especializado em fusões e aquisições, e Manuel Quaresma, do departamento fiscal. Por outro lado, a MFA Legal, uma nova sociedade cofundada por João Medeiros, contou com a participação do fiscalista Samuel Fernandes de Almeida e das advogadas Catarina Frutuoso dos Santos e Bárbara Miragaia.

Negócio envolve venda do Centro Hípico de Santo Estêvão

O negócio em questão refere-se à venda do Centro Hípico de Santo Estêvão, localizado no concelho de Benavente. A transação foi concluída com sucesso, com um valor total de 4,5 milhões de euros.

MAIS:  85% dos portugueses preferem fazer compras de Natal em lojas físicas, revela estudo

Assessoria jurídica foi fundamental no processo de venda

A assessoria jurídica desempenhou um papel fundamental na negociação e conclusão do negócio de venda do Centro Hípico de Santo Estêvão. As sociedades de advogados J+Legal e MFA Legal ofereceram suporte legal e auxiliaram em todas as etapas do processo, garantindo que todas as questões legais fossem devidamente tratadas e que o negócio fosse concluído com sucesso.

Venda do Centro Hípico de Santo Estêvão foi um sucesso

A transação de venda do Centro Hípico de Santo Estêvão, no valor de 4,5 milhões de euros, foi finalizada com êxito. As sociedades envolvidas, I.A.P. – Investimentos e Participações, PGM – Imobiliária e Construções e Criteriondomain, contaram com a assessoria jurídica da J+Legal e MFA Legal, que desempenharam um papel fundamental no processo.