Número de insolvências em Portugal atinge valor mais elevado em 2023

NÚMERO DE INSOLVÊNCIAS EM PORTUGAL AUMENTA 27% EM OUTUBRO

O número de insolvências em Portugal atingiu o seu valor mais elevado em 2023 ao registar um aumento homólogo de 27% em outubro, de acordo com os dados da COSEC – Companhia de Seguro de Crédito divulgado esta segunda-feira, 20 de novembro.

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SÃO AS MAIS AFETADAS

As micro e pequenas empresas, com um volume de negócios inferior a 500 mil euros, continuam a verificar o maior número de insolvências. Destaca-se o setor dos serviços, da construção e do retalho que registam os valores mais altos em termos de insolvências neste mês de outubro.

CONTEXTUALIZAÇÃO DO AUMENTO DE INSOLVÊNCIAS

Este aumento encontra-se inserido num contexto em que a economia europeia continua a ser influenciada pelas elevadas taxas de inflação, que tem retirado poder de compra às famílias e diminuído as margens de firmas, em particular alguns setores de atividade.

PERSPETIVAS PARA O FUTURO

Vassili Christidis, CEO da COSEC, refere que “os principais mercados externos de Portugal estão também a atravessar algumas dificuldades, o que se reflete na economia portuguesa. A Comissão Europeia reviu em alta a taxa de inflação em Portugal para 2023 e 2024, de acordo com as previsões de outono. Já o crescimento, também segundo estas estimativas, sofreu um corte. Neste sentido, acreditamos que a tendência de crescimento homólogo nas insolvências poderá continuar a ser verificada por mais algum tempo”.

MAIS:  UE implementa novo instrumento anti-coerção económica para proteger os seus interesses