Precauções adicionais ajudam a proteger a casa durante a Páscoa

A Páscoa é um tempo de celebração e reunião familiar, mas também um momento que exige atenção redobrada com a segurança das habitações. A Securitas Direct reporta um aumento de 11% nas tentativas de intrusão durante este período, alertando para a necessidade de precauções adicionais por parte dos cidadãos.

Entre as principais recomendações da empresa, está a adoção de iluminação programável, a revisão de fechaduras e a ocultação de objetos de valor. A colaboração de vizinhos, familiares ou amigos para a vigilância das propriedades durante ausências também se mostra uma estratégia eficaz, bem como a instalação de sistemas de videovigilância que permitam o monitoramento remoto.

“A segurança do lar deve ser uma prioridade, especialmente em períodos de maior risco como a Páscoa. Através de pequenas ações e o uso de tecnologia, podemos proteger nossas casas e desfrutar das festividades sem preocupações”, afirma Luís Quintino, reforçando a mensagem de que a prevenção é a chave para evitar incidentes.

MAIS:  Ministros das Finanças da União Europeia debatem a possível nomeação de Nadia Calviño como a próxima presidente do Banco de Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.