Sustentabilidade e eficiência energética entre as principais tendências do mercado imobiliário para 2024

A sustentabilidade e a eficiência energética estão entre as principais tendências do mercado imobiliário para o ano de 2024. A importância da sustentabilidade e da eficiência energética mostra que a consciencialização ambiental e a preocupação com as mudanças climáticas estão a influenciar as decisões de compra e investimento. Em 2024, espera-se uma preferência significativa por propriedades que adotem práticas sustentáveis, eficiência energética e soluções ecológicas, com certificações ambientais e tecnologias verdes integradas.

Esta é uma das tendências verificadas pela Engel & Völkers, que ainda destaca para o próximo ano a digitalização e a inovação tecnológica na experiência do cliente e a inovação do design e criação de espaços funcionais.

A digitalização e a inovação tecnológica na experiência do cliente ganham cada vez mais protagonismo no mercado imobiliário devido ao facto de a tecnologia impactar cada vez mais o quotidiano das pessoas, o que se reflete nos negócios imobiliários. Para 2024, prevê-se uma maior integração de soluções digitais, como visitas virtuais, inteligência artificial e plataformas online para transações imobiliárias. Essa evolução visa tornar a experiência do cliente mais eficiente e personalizada, proporcionando uma jornada ágil e conveniente no mercado imobiliário.

MAIS:  BBVA muda escritório para Two Manhattan West em Nova Iorque

Quanto à inovação do design e à criação de espaços funcionais como tendência para o próximo ano, os consumidores mostram-se cada vez mais interessados por ambientes inovadores e versáteis. Com a evolução da procura por habitação, dá-se preferência a projetos imobiliários que integram tecnologias inteligentes, soluções energéticas eficientes e que visam promover o bem-estar dos residentes.

Segundo a Engel & Völkers, o mercado imobiliário em Portugal está a moldar-se a uma era de transformações aceleradas, ao adotar a sustentabilidade, a tecnologia e a inovação como pilares essenciais para impulsionar o progresso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.