Bolsa de Lisboa sobe 0,58% impulsionada pelas energéticas e empresas EDP Renováveis, Mota-Engil e Greenvolt

 

A bolsa de Lisboa avançou 0,58% e terminou a sessão desta quarta-feira nos 6.462,31 pontos, a beneficiar do dia bom nas energéticas. Em simultâneo, o PSI fugiu ao dia ‘vermelho’ das congéneres europeias.

Entre as maiores subidas da praça lisboeta, destaque para a EDP Renováveis, cujos títulos valorizaram 3,42%, até aos 16,93 euros, ao passo que a Mota-Engil subiu 1,93% e terminou em 4,22 euros. Seguiu-se a Greenvolt, ao ganhar 1,16%, até aos 7,385 euros.

Subidas nas empresas EDP Renováveis, Mota-Engil e Greenvolt em destaque

Por outro lado, a maior queda foi da Semapa, em 1,05%, para os 13,22 euros.

Queda na empresa Semapa

Entre os índices europeus, o sentimento foi distinto daquele que se viveu no PSI, já que se observaram quedas generalizadas. Foi o caso de Espanha, que resvalou 0,22%, assim como Alemanha e França, ambas a derrapar 0,16%. Logo depois, o índice agregado Euro Stoxx 50 recuou 0,14%, ao passo que Itália se ficou pelos 0,07%. Em terreno positivo ficou unicamente o Reino Unido, que se adiantou 0,03%.

MAIS:  EDP Renováveis lidera ganhos na bolsa de Lisboa; preços do petróleo em alta

Quedas nos índices europeus, exceção para o Reino Unido

Nos combustíveis, o Brent está 0,96% mais caro, a ser negociado em 73,94 dólares por barril.