Novo Técnico Auxiliar de Saúde traz aumentos salariais de 13% para cerca de 24 mil trabalhadores do SNS

O Ministério da Saúde cria nova carreira de Técnico Auxiliar de Saúde

O Ministério da Saúde (MS) anunciou hoje a criação da nova carreira de Técnico Auxiliar de Saúde (TAS) no Serviço Nacional de Saúde (SNS). Essa carreira abrange cerca de 24 mil trabalhadores, que terão aumentos salariais na ordem dos 13%.

Em comunicado, o Ministério da Saúde informou que o processo negocial para criação da carreira de Técnico Auxiliar de Saúde foi concluído hoje. Essa carreira abrange todos os profissionais que desenvolvem funções nas entidades integradas no SNS, independentemente do regime de vinculação. O Ministério destaca que essa criação representa uma valorização para os trabalhadores abrangidos e também trará ganhos para o SNS.

De acordo com o MS, a transição para a carreira de TAS resultará em um acréscimo salarial de cerca de 100 euros por mês, correspondente a um aumento de 13%. A remuneração base da carreira será situada no nível seis da tabela remuneratória única, e em 2024 será de 869,74 euros.

MAIS:  João Galamba: "O país enfrenta uma grande dificuldade em atrair indústrias e investimentos de grande valor agregado"

O Ministério da Saúde ressalta que essa medida valoriza de forma inequívoca o papel dos trabalhadores que exercem funções na área da prestação de cuidados de saúde, que são essenciais para o funcionamento dos serviços de saúde e para a prestação de cuidados à população. O diploma correspondente entrará em vigor em 1 de janeiro de 2024.