O setor imobiliário deseja que Marcelo retire a medida dos RNH do Orçamento

Setor imobiliário espera alterações no Orçamento do Estado para 2024

O setor imobiliário em Portugal espera que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa possa fazer alterações na proposta atual do Orçamento do Estado para 2024. O debate sobre a proposta será realizado entre os dias 23 e 29 de novembro, e a principal mudança esperada é a retirada do regime dos Residentes Não Habituais (RNH).

Consultora imobiliária defende retirada do regime dos RNH

Eric van Leuven, diretor da consultora Cushman&Wakefield em Portugal, afirma que seria ótimo se o regime dos Residentes Não Habituais fosse retirado do Orçamento. Ele ressalta que grande parte das medidas estruturais já foram aprovadas no parlamento, então o dano já está feito.

Presidente da República pode impor condições?

Apesar das expectativas do setor imobiliário, Eric van Leuven não acredita que o Presidente da República vá impor condições à proposta do Orçamento. Ele destaca que é necessário ter um Orçamento, que será discutido e votado durante o período de debate na especialidade.

MAIS:  DHL Supply Chain Iberia nomeia María Urreiztieta Núñez como diretora de Marketing e Comunicação

Acesso à versão completa para assinantes

O conteúdo completo desta notícia está reservado para os assinantes do Jornal Económico. Para ter acesso à versão completa, é necessário aceder através do JE Leitor.