Altice Portugal investe 3 milhões em centro de interligação de redes globais

Altice Portugal investe 3 milhões em centro de interligação de redes globais

A CEO da Altice Portugal considera que este segundo centro de redes globais em Portugal traz “escala, diversidade e competitividade” ao país, que tem recebido “grandes infraestruturas” de telecomunicações de carácter internacional, nomeadamente cabos submarinos e hubs de processamento de dados.

Crescimento do consumo e da utilização da Internet em Portugal

“O crescimento de soluções cloud, do streaming de vídeo e música, o e-gaming… As nossas vidas estão, cada vez mais, dependentes de redes resilientes, com capacidade elevada e de baixa latência. Em Portugal, o número de utilizadores de Internet também cresceu 50% em 15 anos”, realçou ainda Ana Figueiredo.

A presidente executiva da Altice Portugal destacou ainda que o consumo médio por acesso fixo passou de 1,3 milhões de gigabits em 2015 para perto de 8 milhões de gigabytes este ano. “Neste ciclo, a Altice Portugal continua a ser um player com enorme relevância, investindo nas redes de fibra ótica e nas redes móveis, como o 5G, ou nas suas infraestruturas a um ritmo aproximado de 500 milhões por ano”, sublinhou.

MAIS:  Greenvolt garante 100 milhões de euros em emissão de dívida verde

Desafios burocráticos e de planeamento urbano em Portugal

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras aproveitou a ocasião para alertar para a escassez de planeamento e ordenamento do território em Portugal. “O país funciona de forma muito burocrática e centralizada. Este emaranhado burocrático cria teia da qual é difícil sair”, advertiu Isaltino Morais, na inauguração do novo centro de interligação de redes internacional, em Linda-a-Velha.

Segundo o autarca, a organização e a ambição perante estas infraestruturas deveria ser maior e ironizou: “A ANMP – Associação Nacional dos Municípios Portugueses deveria chamar-se Associação Nacional dos Municípios Pequeninos”.

Mostrando-se satisfeito por ser o concelho que lidera a receber este investimento de 3 milhões de euros, Isaltino Morais referiu que Oeiras é um “território amigo” e tem “um ambiente saudável que permite interação entre empresas e desenvolvimento de talento”.

O novo centro de interligação de redes globais da Altice Portugal

O novo centro da Altice Portugal tem três pontos de entrada de cabos, três pontos de controlo de acesso, inclusive biométrico, e faz a interligação dos clientes da Altice Wholesale Solutions a redes locais e globais. Porém, está de portas abertas a concorrentes. Trata-se de uma plataforma, aberta e neutral, para a interligação de redes em Portugal de todos os operadores, nacionais e estrangeiros. Entre as novas parcerias estão iBasis, EXA ou Aire Networks.

MAIS:  Comissão para a igualdade no trabalho e no emprego atribui selo de igualdade salarial à MetLife

O evento de inauguração decorre esta tarde, dia 25 de outubro, desde as 15h00, em Linda-a-Velha, e conta com a presença de Ana Figueiredo, CEO da Altice Portugal, Alexander Freese, Chief Operations Officer (COO) da Altice Portugal, Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, e João Galamba, ministro das Infraestruturas.